Jnet News o Blog da verdade.

sábado, 18 de maio de 2013

CRB bate o CSA nos pênaltis e se sagra bicampeão estadual

 CRB BICAMPEÃO 2013


 Galo venceu o Azulão por 4 x 3 nos pênaltis e conquistou seu 26º título na história, no ano do centenário do rival.


CRB BICAMPEÃO 2013




Pode paracer piada, mais não é.

Mesmo o CRB tendo vencido o primeiro jogo por 4x2, com dois gols de diferença, o CSA venceu o segundo jogo por 1x0 e faltariam ainda mais um gol para se igualar, sem contar que o primeiro jogo o mando de campo era do CSA e o CRB venceu com 2 gols de diferença e no segundo jogo CRB 0 x 1 CSA foi apenas um gol.



Com essa regra,"burra", de campeonato  o CSA levou para a prorrogação e nos penaltes o CRB sagrou-se Bicampeão alagoano

Veja o gol do CSA aqui
http://bit.ly/12KcjQK





















 



Cobranças de pênaltis

O primeiro a cobrar foi Alex, do CSA, que chutou no canto direito do goleiro e fez: 1 x 0

No CRB, o primeiro a cobrar foi Denilson, que mandou no lado esquerdo de Flávio e empatou: 1 x 1

O zagueiro Adalberto foi cobrar o segundo pênalti do CSA e Tiago defendeu: 1 x 1

Paulo Sérgio ajeito a bola para o CRB e chutou na direita de Flávio, que se esticou e não pegou: 2 x 1

O terceiro do CSA a cobrar foi Diego Clementino, que não titubeou e empatou: 2 x 2

Depois, Johnnattan, do CRB, foi para a bola e Flávio conseguiu pegar: 2 x 2

A quarta cobrança do CSA foi de Everaldo. Ele mandou de um lado e o goleiro foi para o outro: 3 x 2

Na sequência, Marcus Vinicius chutou para o CRB e mandou fraca e no canto, mas fez: 3 x 3

Anderson, do CSA, ficou encarregado do quinto chute, mas Thiago cresceu e pegou no lado direito: 3 x 3

A cobrança que valia o título do CRB foi de Schwenck, que mandou no meio e marcou: 4 x 3!

CRB É BICAMPEÃO!

Depois do resultado de 0 x 0 na prorrogação, a decisão foi para os pênaltis, depois de o CSA ter vencido no tempo normal por 1 x 0, pois precisava vencer por qualquer placar, já que o saldo de gols não interferia no regulamento. O CRB, por outro lado, precisava do empate no tempo normal para ser bicampeão, já que na partida de ida venceu por 4 x 2. Só que a decisão acabou mesmo indo para os pênaltis e nele o Galo venceu por 4 x 2.

Durante todo o Estadual, o Galo e o Azulão se enfrentaram quatro vezes, contando com esta partida. Na primeira, válida pela 3ª rodada do hexagonal, o placar foi 1 x 1, enquanto na 8ª rodada do hexagonal o CRB venceu por 1 x 0, e por 4 x 2 na primeira final. Além disso, jogando no Rei Pelé o CRB não havia perdido nenhum jogo, pois empatou um como visitante, contra o próprio CSA, e venceu todos os seis jogos como mandante no Estadual. Agora o Azulão quebrou esse tabu no tempo normal.