Jnet News o Blog da verdade.

terça-feira, 2 de julho de 2013

LINHARES-ES ACORDOU, E COM TRUCULÊNCIA POLICIAL.

Policias de Linhares abordando mulheres, repórteres e "negros"?
Populares dizem que irão entrar com ação de racismo e abuso de autoridade.



#VEMPRARUA #oGIGANTEacordou #PROTESTOLINHARES #VEMPRARUALINHARES

 Veja matéria completa clicando abaixo


AGRESSÕES, PRIVAÇÃO DO DIREITO DE IR E VIR, DESRESPEITOS AS LEIS, ABUSO DE AUTORIDADE...
Está pensando que foram os manifestantes? NÃO!
FORAM OS POLICIAIS DE LINHARES.
Os mais despreparados do Espírito Santo

Linhares é uma cidade pacata, com população estima em cerca de 142 mil habitantes segundo dados do IBGE de 2010,  não tem grandes eventos, sem grandes clubes de futebol, limpa, com um povo acolhedor e bonito, mais ela fica a dever no policiamento, diria em alguns que usam erroneamente a farda, esses policiais que nunca se depararam com multidões, e olha que eram só 2 mil pessoas, tremeram e amarelaram. Ficaram com tanto medo do povo que começaram a agredir alguns manifestastes escolhendo, não a esmo, mais pela cor da pele e classe social.

Fico imaginando esses policiais, SOLDADO PAIVA, fazendo escolta de um jogo de futebol onde mais de 50 mil pessoas nas ruas indo e vindo, gritando, xingando e muitos causando confusões... seria um desastre total.



Solicitamos entrevista com a PM que se negou a dar e avisou que apenas em horário comercial na sede da PM.

Se não fosse alguns policias despreparados, SOLDADO PAIVA, PORTANDO ARMAS DE GROSSO CALIBRE, e sem nenhuma capacidade mental para agir como defensor da lei, a manifestação de Linhares-ES, teria sido super tranquila e pacifica. A maneira como foram tratados, os moradores de Linhares, por esses homens que deveriam os proteger, causou desconforto e revolta dos moradores.


Trajando a mascara do herói V, manifestante não se intimida com a escolta armada da policia.

Logo no inicio das manifestações, que contava com cerca de 400 pessoas e chegou a ter mais de 2 mil pessoas em seu auge, na praça os carros da policia estavam em formação, e eu como repórter comecei a gravar e tirar fotos, dai em diante o que vimos foram cenas de terror, despreparo e policiais psicologicamente despreparados.

Empunhado armas de grosso calibre fui abordado por esta tirando fotos e realizando trabalho jornalístico, me parece que esses policiais não gostam da liberdade de imprensa, pois eles apontando uma arma em minha cabeça me mandaram virar, tratando a mim como uma pessoa de alta periculosidade. Sabem qual era minha arma??? Uma celular Samsung Galaxy Grand Duos com uma câmera de 8MP... é de fazer qualquer exército tremer não???


"Me fizeram levantar aos mãos, me revistaram, me ameaçaram e fizeram apagar as fotos que tinha tirado" - diz Jerry Wendel - Junto comigo estava Clér, e veio perguntar o que estava acontecendo, foi ameaçada com arma na cabeça e abruptamente forçada a levantar as mãos pra ser revistada, o policial iniciou a revista com a arma na cabeça dela, e vendo o erro que é um homem revistar uma mulher mandou uma policial o fazer.

Não satisfeito e ameaçando constantemente nós dois com uma arma apontada para nossas cabeças ele ameaçava de prender-nos por desacato, sendo que nosso "crime" foram, além de fazer nosso trabalho de repórter, estávamos calados.


Muitos outros jovens, estranhamente todos negros, foram revistados por eles de forma agressiva e violenta. Quero pensar que não exista racismo na corporação de Linhares...

Era pra ser mais uma manifestação do povo, mais uns policiais despreparados só atraíram a ira do povo contra a corporação que estaria lá para servir e proteger.

Nova manifestação está marcada para dia 11-07-2013



O GIGANTE ACORDOU

Ele veio de um sono onde o mundo nos chamavam de acomodados, omissos e conivente com a corrupção, ele acordou para não mais tolerar a corrupção e morte de seus familiares causadas pelos políticos que tinham o poder de vida e morte sobre eles, tinham, pois O Gigante acordou, e acordou enfurecido por ver que foi enganado por séculos e séculos, acordou enfurecido por ver que seus filhos, país e mães foram mortos, assassinados, torturados e perseguidos...
Acordou de um sono que em que o seu povo se tornara escravo de assassinos ardilosos e perversos... ELE ACORDOU com sede de justiça e vingança, a pátria amada e idolatrada está acordada e pronta para enfrentar seus inimigos e vence-los e expulsados para não  mais voltar.

"Jerry Wendel"

Vídeos:

Fotos:

A história por trás da Máscara de V de Vingança




Vivemos em uma época em que as pessoas estão saindo às ruas, protestando, reinvidicando direitos, derrubando ditadores, etc... E no meio de tudo isso, sempre encontramos alguém usando a máscara do personagem V, da obra de Alan Moore e David Lloyd, publicada originalmente entre 1982 e 1983 em preto e branco pela editora Warrior.

A história da HQ é situada num passado futurista, (opa, passado no futuro, como assim?) na verdade, em uma realidade alternativa, onde um partido Totalitário ascende ao poder após uma guerra nuclear. Este partido, é muito semelhante ao regime Fascista, onde o governo tem o controle sobre a mídia, existe uma polícia secreta e campos de concentração para minorias raciais e sexuais. Além de um sistema de monitoramento, como o Big brother da obra de George Orwell, "1984".


Cena do filme de 2006: V de Vingança



Na época, a HQ foi escrita num momento histórico, no qual a Inglaterra estava implementado o sistema Capitalista Neoliberal com a primeira ministra Margaret Tatcher (A Dama de Ferro). E o "Socialismo Real" da extinta U.R.S.S. estava em total descrédito, devido as atrocidades do Stalinismo.

"V" é um misterioso anarquista que se rebela contra este governo opressor que tomou conta do Reino Unido.


No processo, conhece Evey, garota que perdeu os pais durante a guerra. Evey é tratada por V como aprendiz, sempre sendo apresentada à resquícios de uma cultura perdida por causa da guerra.


A máscara que o personagem usa, é baseada no rosto do inglês Guy Fawkes, que em 5 de novembro de 1605 tentou explodir o parlamento da Inglaterra e assassinar seus membros, junto com o rei Jaime I. A conspiração que Guy participou foi chamada de "A Conspiração da Pólvora".


Esta conspiração foi um levante liderado por Robert Catesby, que foi executado, junto de outros católicos insatisfeitos, pela repressão do rei protestante Jaime I. O objetivo principal, explodir o parlamento, utilizaria trinta e seis barris de pólvora, estocados sob o prédio durante uma sessão do parlamento, que contaria com a presença do rei. Guy Fawkes, era especialista em explosivos, e ficou responsável pela detonação da pólvora.


Guy Fawkes


Os conspiradores, temendo a morte de diversos inocentes e defensores da causa católica, enviaram avisos para que alguns deles mantivessem distância do parlamento. Um dos avisos chegou aos ouvidos do rei, que ordenou uma revista no prédio do parlamento, onde encontraram Guy Fawkes guardando a pólvora. Guy foi torturado por mais de uma semana e acabou assinando um documento em que confessava sua conspiração. Foi condenado a forca por traição e tentativa de assassinato e os outros participantes revelados por ele, acabaram sendo executados também. Hoje em dia, o rei ou a rainha, vão ao parlamento apenas uma vez ao ano para uma sessão especial, sendo mantida a tradição de se revistar os subterrâneos do prédio, antes da sessão. E no dia 5 de novembro, existe a tradicional Noite das Fogueiras. A tradição é malhar e queimar em fogueiras, bonecos que representam Fawkes e soltar fogos de artifício.



V de Vingança, possui fortes influências da "Conspiração da Pólvora". V, concretiza os planos de Guy Fawkes, explodindo o parlamento inglês, num futuro dia 5 de Novembro.


O marcante design, associado ao tema central da graphic novel e a popularização da história depois de estrear nos cinemas, acabou fazendo com que a máscara ganhasse as ruas nos últimos tempos em diferentes manifestações populares ao redor de mundo e até mesmo no Brasil.


V de Vingança



O Filme



V de Vingança é um filme de ação e thriller de 2006, dirigido por James McTeigue e produzido por Joel Silver e pelos irmãos Wachowski, que também escreveram o roteiro.

É uma adaptação da série de quadrinhos de mesmo nome de Alan Moore e David Lloyd.



Data de lançamento: 23 de fevereiro de 2006 (Finlândia)

Direção: James McTeigue
Música composta por: Dario Marianelli
Fotografia: Adrian Biddle
Roteiro: Lana Wachowski, Andy Wachowski